Escapamento

O escapamento (ou tubo de escape), é um condutor que possibilita ao automóvel encaminhar os gases do resultado da combustão para fora do ambiente do motor, além de influenciar no desenvolvimento do motor. Geralmente os escapamentos são produzidos a partir de materiais inoxidáveis por causa da corrosão causada pelos gases e materiais filtrantes. Sua aplicação é mais conhecida em automóveis, mas também pode ser usado em qualquer motor a explosão, em geradores, embarcações, trens etc. 
A função do escapamento é liberar os gases resultantes da combustão, reduzir os ruídos resultantes da combustão, auxiliar na vida útil do pneu, economizar e controlar combustível, e reduzir a emissão de poluentes. 
O escapamento influencia diretamente no desempenho e potência do motor, pois é ele que é responsável pela liberação dos gases. Se os gases tiverem dificuldade para sair, o motor trabalhará com menor desempenho, porém se as saídas estiverem muito liberadas, o motor fará esforço desnecessário. 
O composto de tubulações, conectados diretamente ao coletor de escape do motor, intermediários, abafador de ruído e nos automóveis favricados a partir dos anos 90. tornou-se a ser obrigatório o uso do catalisador, que é responsável pela oxidação dos agentes poluentes provindos da combustão, afim de atender a regulamentação de emissões vigente. 
Os coletores de escapamento facilitam o motor na expulsão dos gases de escapamento para fora dos cilindros e são um dos acessórios que se montam no motor que você pode usar para melhorar o seu desempenho. 
O escapamento deve ser verificado a cada 20 mil quilômetros. O veículo nunca deve rodar com escapamento furado ou quebrado, além dos defeitos aparentes, as peças podem sofrer avarias internas que comprometem o seu funcionamento. Mesmo sem danos aparentes, especialistas aconselham revisar o sistema de escapamento pelo menos a cada seis meses. A checagem avalia se as borrachas, coxins e abraçadeiras que seguram as peças metálicas do sistema de exaustão estão em perfeitas condições. Como as borrachas ficam próximas a altas temperaturas, elas podem romper e provocar a queda do escapamento. 
Acontecem muitos casos de canos que quebram porque as borrachas cederam. Quando a revisão é feita periodicamente, o motorista pode gastar menos de R$ 2,00 na borracha, economizando um valor superior que seria gasto numa avaliação tardia.

Nossas Lojas:

Barra

Av. das Américas, 2.000 Anexo 7
CEP: 22.640.101
Rio de Janeiro – RJ
✆ (21) 3388-9200
✆ (21) 99609-5934

Botafogo

Rua General Polidoro, 4 
CEP: 22.280.000 
Rio de Janeiro – RJ
✆ (21) 2546-8350
✆ (21) 99924-6164

Maracanã

Av. 28 de Setembro, 17 
CEP: 20.551.030 
Rio de Janeiro – RJ
✆ (21)3032-1950
✆ (21)99605-4003
 

Niterói

R. Jansen de Melo, 1044 – Loja B 
CEP: 24.030.221 
Niterói – RJ
✆ (21) 3628-8889
✆ (21) 99670-1767

Penha

Av. Brasil, 12.277 – Loja B 
CEP: 21.012.351 
Rio de Janeiro – RJ
✆ (21) 3865-7850
✆ (21) 99924-6130

Campos

Av. 28 de Março, 1.087 
Parque São Caetano 
CEP: 28.020.740 
Campos dos Goytacazes
✆ (22) 2731-8670
✆ (22) 99614-2783
 

Itaguaí

Rod. Rio Santos KM 19,5
Brizamar 
CEP: 23825-205 
Itaguaí – RJ
✆ (21) 2412-1408

Centro

Rua Camerino, 72 
Centro 
CEP: 20080-011 
Rio de Janeiro – RJ
✆ (21) 2263-1804
✆ (21)  96714-0330

© 2018 GBG Pneus Centro Automotivo - Todos os direitos reservados.